Via Semente - Pane

10:51



Por uma saudade perdida
Um pensamento abandonado
Por um sonho quebrado
Por um amor conturbado
Por uma mente vaga e inteiramente fúnebre
Por uma lágrima estagnada
Por uma roupa mal vestida e um semblante em prantos
Por uma existência crua
Uma paisagem não observada
Por uma palavra escondida
Por uma emoção contida
Por um desespero incontrolável
Uma fé dissolvida e por uma canção esquecida
Por um tempo rápido e grosseiro
Por uma amizade aprisionada na nostalgia
Por todos os dias que não me deletei de sensibilidade
Por um andar com pernas bambas... Inseguras
Por todos os meus passos incoerentes e meus pesadelos vivos
Por uma vida em branco e preto... E também, um desejo de estar sobre o lençol da tristeza
Por tudo isso e um distúrbio em meus pulmões
Por tudo isso e minhas esperanças confusas
Por todas as praças desertas, por tudo,
CHORO!

Às 15:25 do dia 12/12/12
Lucas Teles

You Might Also Like

2 comentários

  1. Que lindo! Parabéns! Quer publicar na Antologia de Ouro?
    Escreva-nos museunacionaldapoesia.blogspot.com

    ResponderExcluir

Popular Posts

Subscribe